O Renascimento do Parto - uma volta à origem da minha própria história Toma que a responsabilidade também é tua! Parto domiciliar humanizado - o relato de um pai Não, eu não amo meus filhos da mesma maneira Estatuto do Nascituro - um apanhado geral e suas implicações na vida das mulheres

13.3.12

Reviravoltas Domésticas ou Salvem-se quem puder

Gente! que semestre alucinante.

Aproveitando a onda dos meus ambiciosos planos de organização 2012 - o ano que se auto-promoveu caótico - consiste basicamente em jogar tralhas e mais tralhas fora, reorganizar gavetas e cômodos e  ainda fazer coisas cuti-cuti para enfeitar o lar, resolvi também instituir a Nova Ordem Mundial Doméstica.

Marido que trabalhava o dia inteiro, passou a trabalhar a tarde. Eu que estudava a noite passei a estudar pela manhã (socorro quando o inverno chegar) e os meninos que estudavam a tarde, bem...continuam estudando a tarde.

Tivemos que nos reorganizar e buscar a adaptação conjunta (todos unidos pelo Brasil), já que os meninos precisavam se conscientizar de que a presença paterna - sinônimo de final de semana - não implica em farra. Ou seja, a rotina permanece a mesma. O marido também precisava se conscientizar de que ele teria que fazer tudo o que eu fazia. (dança, gatinho!) Sem esse lance de deixar pra depois esperando que eu o faça. De brinde, ele ganha o almoço que é previamente preparado e congelado por mim mesma. (e outras cositas más)

O primeiro dia foi um C A O S absoluto, já o segundo dia, também.
Em compensação o terceiro foi ainda pior. No quarto as coisas ainda não apresentaram melhora.

SURTEI. 
E a conversa foi iniciada com o clássico " Cês tão pensando o quêêêê????" com o dedo em riste e autêntica indignação.

Só então eles compreenderam o espírito da coisa e já posso chegar da aula sem maiores sobressaltos. Ufa!

Nada como o poder do diálogo.


8 comentários:

Tuka Siqueira disse...

rsrsrsr

Só o bom humor te salva agora amiga!

Beijos

Dani disse...

hahahahahahaaha

adorei a parte do marido "dança gatinho'... adorei, Dani!!! hahahaha

Excelente notícia, ares novos são excelentes! Mesmo que a casa seja a mesma e a mobília também, limpar gavetas e armários é tão gostoso!!!!

Beijos grandes, boa sorte!!!

Ju Dalzoto disse...

Hehehehe
Tá difícil a coisa é Dani?
Mas vejo que seu humor continua em alta, então, tudo vai dar certo!!!

Sempre que mudamos, sofremos um pouco (ou muito) não é mesmo?! Mas depois, quando estamos todos adpatados seja lá ao que for, a vida volta a ser perfeitamente imperfeita e ao mesmo tempo maravilhosa!!!

Boa sorte aí!
Beijão
Ju

Liliane Arend disse...

mas ó, fazer o mardo participar da rotina da casa como um 'igual' ´eum avanço!!! Em pleno ano de 2012, os homens (mesmo aqueles que se dizem nada machistas) inconscientemente (ah tá) assumem que a responsabilidade pelo funcionamento da casa é da mulher ...
parabéns !
bjo
Li
londrescomfilhos.blogspot.com

Sarah disse...

Muito bom!! Adorei. Só o Deus mamãe mesmo pra por ordem no caos!
Mas que tb enche ficar tudo nas nossas costas, dependendo da gente... ô se enche! Bora colocar ordem na bagunça também galera!
Depois conta se o pai aderiu!
bjos

Mari Hart disse...

Aiiiin Dani, queria ter sua serenidade! Sério! Eu começo a chorar fazendo dramalhão dizendo" "vcs me odeeeeeeiam! tão achando que sou empregada de vcs!? nããão!!!" hahaha... seria cômico se não fosse trágico! rs...

Beijos queridona!

Daniela Castro disse...

Dani... tenha muita calma nessa hora que dias melhores virão! bjocas

Paloma, a mãe disse...

Ahahaha, adorei! Já eu, tenho surtos diários. Sou um tranto incompreendida, mas sigo tentando fazer a nova ordem mundial vigorar para todos.
Vou indicar o seu texto pro marido ler, ah, se vou!
Beijos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...